ESCRITA & COMPANHIA
 

RECENTES


As novas tecnologias e a imprensa em papel

Francisco Santos, 7.º B

Publicado em 07 dez 2017


Violino do Riso

Lara Ferreira, 5.º C

Publicado em 07 dez 2017


A vida com arte

Francisco Santos, 7.º C

Publicado em 07 dez 2017


Definições poéticas – Tema Anual – “ComPassos de Arte”

Alunos do 9.º D

Publicado em 30 nov 2017


Definições poéticas – Tema Anual – “ComPassos de Arte”

Alunos do 9.º C

Publicado em 30 nov 2017


Poesia visual

Alunos do 7.º A

Publicado em 22 mar 2017


 

VER POR ANO LETIVO


  2017/2018         2016/2017         2015/2016

 

  2014/2015         2013/2014         2012/2013

 

  2011/2012         2010/2011         2009/2010

 





Estrela
Publicado em   22 fev 2017

Disciplina de Português  -   Alunos do 4.º C





Estrela

Estava sentada
No meu quarto a estudar.
Olhei para o céu:
Vi uma estrela a brilhar!

Brilha que brilha,
Linda estrelinha!
Quero que sejas
Minha amiguinha!

Minha amiguinha
Do coração!
Vou visitar-te
“Montada” num balão!

Alexandra Sá


A Estrela

Quando acordo, há uma estrela
Que brilha sem parar.
Ilumina o céu de dia
E à noite esconde-se ao luar.

Ai! Que bela mais bela
Que parece a Cinderela.
Quando a noite me abraça
Eu sonho com ela.

É dourada por fora
Mas sua cor interior
É a mais bela de todas
Vermelho, a cor do amor!

Beatriz Pinto


A estrelinha

Uma estrela
Brilha no cinema.
Também no meu coração,
Porque por ela tenho paixão.

Minha estrela da guarda,
Amarela é a sua farda.
O seu brilhar é estonteante:
É a estrela mais brilhante.

A estrela é a luz
Do menino Jesus.
De Maria veio,
Mulher doce do centeio.

A estrela da união
Distribui o pão
Que vem de Deus.
Dá aos irmãos que são meus.

De noite brilha.
O seu cintilar
Não é coisa de espantar.

A estrela da amizade
Espalha a felicidade
E dá dinheiro para a caridade.

A estrela da tristeza
Não é o que estão a pensar:
Ela o mal vai tirar.

A estrelinha
É só minha.

Beatriz Moura


A Estrela

A minha estrela
É a melhor
E é também
A maior.

A minha estrela
É muito bonita!
É tão grande
Que é infinita.

A minha estrela
É-me leal
E não é inventada!
Ela é real.

A minha estrela
Não quer o mal.
Como ela
Não há igual.

A minha estrela
É a mais brutal!
É a mais fixe
Do universo espacial!

Lourenço Martins


Uma estrela

Eu gostava de ser
Uma estrela brilhante
Que se conseguisse ver,
Pois seria cintilante.

A minha cor seria rosa,
Diferente das demais.
Seria a mais radiosa
Dos astros celestiais.

Eu gostava de ser
Uma estrela de rock
Que pudesse escrever
Uma música pop.

Estrela de cinema
Gostava eu de me tornar,
Representando este poema
Para o Óscar ganhar.

Maria Álvaro


O meu anjinho

O meu anjinho
É uma estrela
Que me ajuda
E também me fala:

“Eu protejo-te
E ao teu avô também!
Acredita que és capaz de tudo:
Basta acreditares em ti!”

Este meu anjinho
É uma estrelinha
Que está dentro de mim.
É a minha luzinha!

O meu anjinho
É muito meu amigo.
Está sempre comigo,
Por isso eu tudo consigo.

Mariana Marques


A estrela é vida

A estrela brilha
E vai sempre brilhar.
Ninguém é como ela,
Uma beleza de encantar.

Eu vejo a estrela
Cintilante ao luar.
Sinto a sua luz
Que me faz inspirar.

A estrela é vida,
A estrela é doçura,
A estrela é amiga,
Tal como a pintura.

A estrela é arte,
Obra de um pintor,
E no seu luar
Tem muito amor.

Que bonita és,
Minha estrela amiga…
Quando te vejo,
Fico com vida.

Martim Carvalho


Poema à estrela

Este poema é do coração,
Pois vou falar da minha estrela!
Para mim, é especial!
Ela é um amorzão!

Esta estrela é radiante…
Tão linda e cintilante!

Quando estou triste,
Ela alegra o meu dia!
Eu nunca a vi chorar,
Porque faz tudo com alegria!

Eu quero ser como ela,
Querida e fofinha.
Eu tenho muita sorte
Por ser minha irmãzinha!

Matilde Carvalho


As Estrelas

Que coisa mais linda
Que brilha no céu!
É uma estrelinha
Que tem um véu.

O seu brilho
É lindo como ela!
Põe um vestido,
Parece a Cinderela.

Brilha, brilha sem parar.
E é quase meia-noite!
O feitiço vai-se quebrar!

Que horror! Como ela vai ficar!...
O Big Ben está a tocar!
Oh! Não posso acreditar:
A estrelinha continua linda de pasmar!

Sofia Teixeira


Estrelas

As estrelas são lindas,
Especiais e cintilantes.
Elas são amarelas
E brilham como diamantes.

Eu adoro estrelas.
São muito amiguinhas!
Não se comparam ao Sol…
São muito pequeninas.

Estrela, estrelinha,
Brilhante e lindinha.
Vem cá ter comigo,
Eu serei teu amigo.

Vou dar-te um nome.
Não vai ser Mariana.
Brincalhona como és,
Só podes ser Joana.

Eu sou muito pequeno,
Não te consigo apanhar.
Se calhar, com um escadote
Posso-te agarrar.

Agora já te tenho,
Podemos ir brincar
E só depois disso
Poderemos jantar.

Tiago Cardoso



|  Rua Cónego Barreiros   3500-093 Viseu  |  Telef: 232 421 981  |  Fax: 232 432 855  |  Email: geral@colegiodaviasacra.net  |

Estabelecimento de ensino integrante da rede pública.

Financiado pelo Ministério da Educação e Ciência ao abrigo de contrato de associação.

Logotipo Ministério da Educação